Seja bem-vindo
,20/07/2024

  • A +
  • A -

Mounjaro é melhor que Ozempic e Wegovy para perder peso, diz estudo

cnnbrasil.com.br
Mounjaro é melhor que Ozempic e Wegovy para perder peso, diz estudo
Publicidade

Pessoas que tomaram injeções de tirzepatida — componente do remédio Monjauro, da Eli Lilly — perderam mais peso e foram mais propensas a atingir metas específicas de perda de peso do que aquelas que tomaram semaglutida — molécula presente em medicamentos como Ozempic e Wegovy, da Novo Nordisk —  de acordo com um novo estudo.


Publicidade
Pesquisadores da Truveta, uma empresa de análise de dados de saúde, analisaram registros eletrônicos de saúde de mais de 18.000 adultos, todos com sobrepeso ou obesidade, que estavam usando esses medicamentos no mundo real entre maio de 2022 e setembro de 2023. As descobertas foram publicadas na segunda-feira no jornal médico JAMA Internal Medicine.




Ambos os medicamentos foram eficazes: a grande maioria das pessoas usando tirzepatida ou semaglutida perdeu pelo menos 5% do peso inicial após um ano de uso. Mas 82% das pessoas que tomaram tirzepatida alcançaram esse importante marco clínico, em comparação com cerca de 67% daquelas que tomaram semaglutida.


Além disso, as pessoas que tomaram tirzepatida tiveram mais de duas vezes mais chances de perder pelo menos 15% do peso inicial do que aquelas que tomaram semaglutida: cerca de 42% em comparação com 18% após um ano de uso.


A perda de peso média também foi consistentemente maior entre aqueles que tomaram tirzepatida ao longo do tempo. Após três meses, as pessoas que tomaram tirzepatida perderam cerca de 6% do peso corporal, em média, em comparação com uma perda média de menos de 4% entre aquelas que tomaram semaglutida.


Aos seis meses, a perda de peso média foi de 10% com tirzepatida e cerca de 6% com semaglutida. Após um ano, a perda de peso média foi quase o dobro para aqueles que tomaram tirzepatida: mais de 15%, em comparação com cerca de 8% para aqueles que tomaram semaglutida.


A tirzepatida e a semaglutida imitam os efeitos do hormônio intestinal GLP-1, que estimula a produção de insulina pelo corpo e retarda a passagem dos alimentos pelo estômago. O GLP-1 também sinaliza o cérebro para ajudar a controlar o apetite. A tirzepatida também estimula um segundo hormônio intestinal, chamado GIP, que pode ajudar a aumentar seus efeitos.


A FDA aprovou doses mais altas de tirzepatida e semaglutida para tratar a perda de peso, mas o novo estudo analisou apenas as doses para tratar o diabetes tipo 2.


Cerca de metade das pessoas incluídas neste estudo tinha diabetes tipo 2, enquanto a outra metade não tinha indicação de diagnóstico de diabetes em seus registros de saúde e provavelmente estavam usando esses medicamentos off-label para controle de peso a critério de seus médicos.


Quando os resultados deste estudo foram divulgados pela primeira vez em um pré-print no ano passado, a Novo Nordisk disse à CNN que não era uma comparação justa.


“As doses de semaglutida avaliadas nesta análise não foram investigadas para controle crônico de peso, e não há ensaios comparativos que relataram que avaliam Wegovy e tirzepatida,” disse um porta-voz em um comunicado.


De acordo com o novo estudo, indivíduos com diabetes tipo 2 tiveram perda de peso menos significativa do que aqueles sem um diagnóstico — mas a perda de peso média ainda foi maior entre aqueles que tomaram tirzepatida.


Os pesquisadores não acompanharam efeitos colaterais gastrointestinais leves, como náuseas e vômitos, observando que esse tipo de queixa pode não ser capturado de forma consistente nos registros dos pacientes. Mas o risco de resultados adversos mais graves — como obstrução intestinal, gastroparesia ou pancreatite — foi encontrado como similar entre aqueles que tomaram tirzepatida e semaglutida.


Juntamente com os efeitos colaterais, pessoas que não perderam peso enquanto tomavam esses medicamentos podem estar mais propensas a parar ou trocar de medicamento, dizem os pesquisadores. A descontinuação foi comum — mais da metade dos pacientes interrompeu o tratamento antes do final do estudo — mas as taxas foram semelhantes entre aqueles que tomaram tirzepatida e aqueles que tomaram semaglutida.


Os resultados deste estudo estão alinhados com os resultados de ensaios clínicos, mas os autores do estudo observam que mais pesquisas são necessárias para comparar os efeitos que tirzepatida e semaglutida têm em outros resultados chave de saúde, como eventos relacionados ao coração.


*Brenda Goodman, da CNN, contribuiu para esta matéria.


Este conteúdo foi originalmente publicado em Mounjaro é melhor que Ozempic e Wegovy para perder peso, diz estudo no site CNN Brasil.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.